Diferença entre as políticas contábeis e as estimativas contábeis

Políticas contábeis versus estimativas contábeis

A elaboração das demonstrações financeiras de uma empresa é de grande importância para determinar a estabilidade financeira da empresa e em entendendo a capacidade da empresa de operar no futuro sem enfrentar problemas de liquidez. As demonstrações contábeis da empresa, que incluem demonstração de resultados, balanço e fluxos de caixa, exigem o uso adequado de teorias e técnicas contábeis. Políticas contábeis e estimativas contábeis atendem a esse objetivo garantindo que os dados contábeis registrados nos livros da empresa sejam válidos em termos de requisitos regulamentares e precisão de relatórios financeiros. No entanto, os dois são muito diferentes um do outro, e este artigo pretende dar uma explicação clara de como distinguir entre os dois.

O que são as políticas contábeis?

As políticas contábeis são as diretrizes, princípios, regras, padrões e outras informações especificadas que garantem a preparação correta das demonstrações contábeis de uma empresa. As políticas contábeis que as empresas precisam seguir são as Normas Internacionais de Relato Financeiro (IFRS), que incluem os Padrões Internacionais de Relato Financeiro, Normas Internacionais de Contabilidade e Interpretação de Relatórios Financeiros Internacionais. Essas políticas garantem que a declaração financeira preparada seja "relevante e confiável", e o desvio dessas políticas para mostrar uma imagem falsamente infla é mal visto e é visto como uma forma de tentativa de manipulação de informações contábeis. O uso de políticas contábeis altamente aceitas na preparação de demonstrações financeiras contribuirá significativamente para a capacidade da empresa de divulgar a verdadeira força financeira da empresa e poderá resultar em maior financiamento de investidores externos devido aos melhores padrões de divulgação da empresa e informações contábeis precisas .

O que são as estimativas contabilísticas?

Há casos em que um contador pode enfrentar um dilema em que ele não consegue identificar como registrar informações com precisão nas demonstrações contábeis. Tal situação dará origem a uma necessidade de utilizar estimativas contábeis, que são julgamentos feitos com as informações mais recentes disponíveis. Exemplos da necessidade de tais estimativas incluem questões relacionadas com a receita tributária, dívidas incobráveis, obsolescência de estoques, depreciação de ativos, etc. As estimativas contábeis são essenciais nos casos em que a informação financeira não pode ser medida com precisão e a utilização de tais estimativas não deve prejudicar a exatidão ou confiabilidade das declarações preparadas.

Qual a diferença entre as políticas contábeis e as estimativas?

A principal semelhança entre as políticas contábeis e as estimativas é que, ambas, ajudam a registrar com precisão informações contábeis e resultar em demonstrações financeiras confiáveis ​​e relevantes. As políticas contábeis são regulamentos que uma empresa deve atender e foram especificamente dispostas com instruções adequadas sobre como exatamente as informações devem ser registradas e as declarações preparadas. As estimativas contábeis, por outro lado, são julgamentos confiáveis ​​feitos por contabilistas experientes quando políticas precisas não estão disponíveis para lidar com determinadas transações. Esta é a principal diferença entre as políticas contábeis e as estimativas. O contador deve garantir que as informações contábeis refletem a imagem verdadeira e justa da posição financeira real da empresa e o uso de políticas contábeis e estimativas contábeis ajudará na consecução desse objetivo.

Em poucas palavras:

Políticas contábeis versus estimativas contabilísticas

• As políticas contábeis e estimativas contábeis servem para garantir que os dados contábeis registrados nos livros da empresa sejam válidos em termos de requisitos regulamentares e precisão de relatórios financeiros.

• As políticas contábeis são padrões, regras e princípios estabelecidos para instruir precisamente como as informações contábeis devem ser registradas. Estimativas de contabilidade são necessárias quando tais padrões de corte claro não estão disponíveis e requer que o contador faça um julgamento informado.

• As políticas e estimativas contábeis são essenciais para a elaboração de demonstrações financeiras confiáveis ​​e relevantes.