Diferença entre provisões e provisões

Acumulações versus provisões

As provisões e provisões são ambos aspectos essenciais das demonstrações financeiras de uma empresa e servem para fornecer aos usuários financeiros informações sobre a situação financeira atual da empresa e as mudanças esperadas no futuro. Ambos os acréscimos e provisões são igualmente importantes, e o contador deve garantir que eles sejam registrados com precisão. Devido às diferenças sutis entre os conceitos, eles são facilmente confundidos e mal interpretados. O seguinte artigo irá destacar a diferença entre eles e explicar o que eles realmente retratam nas demonstrações financeiras de uma empresa.

O que são Accruals?

As provisões são feitas para as despesas ou receitas que já conhecem a empresa e são registradas nas demonstrações financeiras à medida e ocorrem antes da troca de caixa e fundos. Esta forma de contabilidade garante que todas as informações financeiras, incluindo as vendas em crédito e o final do mês, os juros a pagar são registrados para o período. Os acréscimos constituem os que devem ser pagos, tais como salários devidos no final do mês e recebíveis, como os fundos a receber pelos devedores. Os acréscimos são um componente vital nas demonstrações contábeis porque mostram os valores que a empresa é conhecida por receber e pagar no futuro, o que pode ajudar a empresa a preparar melhor seus recursos e planos para o futuro incorporando essa informação na tomada de decisões.

O que são provisões?

Quando uma empresa espera uma saída futura de caixa devido a um evento previsto, a empresa irá reservar uma certa quantia de dinheiro para pagar essas despesas à medida que elas chegam. Isso é conhecido como provisão na terminologia contábil, e de acordo com os padrões de relatórios financeiros, uma empresa está obrigada a registrar esta informação em seus livros contábeis. A manutenção de provisões para despesas futuras esperadas ajuda uma empresa a controlar suas finanças e garantir que fundos suficientes estejam disponíveis para pagar as despesas necessárias, se e quando elas surgirem. Os diferentes tipos de provisão incluem provisões efetuadas sobre depreciação de um ativo e provisões para dívidas incobráveis. As provisões para depreciação de um ativo são onde o dinheiro é mantido de lado para substituir o ativo quando o ativo se tornar obsoleto ou desaparecer. As provisões para dívidas incobráveis ​​são realizadas assumindo que o dinheiro devido não será reembolsado, de modo que a empresa não faça perdas enormes no caso de o pior acontecer.

Qual a diferença entre Acréscimos e Provisões?

As informações registradas ao abrigo das provisões e provisões nas demonstrações financeiras facilitam a tomada de decisões e asseguram que as decisões da empresa sejam baseadas nos recibos e despesas esperados no futuro.As provisões são feitas para recibos e pagamentos, enquanto as provisões são feitas apenas para despesas futuras esperadas. Os acréscimos garantem que os dados contábeis sejam registrados conforme e quando os rendimentos ou as despesas forem divulgados, em vez de aguardar os fundos efetivamente trocarem as mãos. Por outro lado, as provisões são registradas quando as despesas ou perdas futuras são esperadas por uma empresa como um método para se preparar para essas despesas através de um buffer de segurança de caixa para uso, se e quando as perdas são feitas.

Em poucas palavras,

Acções versus provisões

• Acumulações e provisões são essenciais, pois mostram as partes interessadas da empresa os tipos de receitas e despesas esperadas por uma empresa e ajudam os gerentes da empresa na tomada de decisões e no planejamento.

• Os acréscimos são feitos para despesas já conhecidas e esperadas para se materializar no futuro, enquanto as provisões são feitas para perdas futuras esperadas, de modo que essas perdas possam ser recuperadas das provisões mantidas à parte.

• Os acréscimos são feitos para receitas esperadas, bem como despesas, e as provisões só são feitas em nome das despesas previstas.